10 dicas para viajar pra fora do país

Olá seguidores da aurora! Ontem uma amiga me chamou no no chat do Facebook perguntando sobre alguns pormenores de uma viagem para o exterior. O que fazer e o que não fazer, o que levar e o que não levar, preparativos e etc.

O Fábio Silveira, gerente do STB (Student Travel Bureau) aqui em Montes Claros, nos ajudou com este post e com mais um monte de coisa no planejamento desta viagem. Você sabe que uma empresa tem cuidado com todos os seus planos de viagem só de ver o organizador (vide foto) que eles disponibilizam para colocar as passagens, documentos e seguro saúde.

Plano de viagens STB
Fichas para organizar a viagem do STB. =)

 

1 – Organize todos os seus documentos com antecedência. Passaporte, RG, visto, cartões bancários, confirmações de transporte e hospedagem, passagens aéreas. Não deixe nada pra depois. Imprevistos acontecem e já basta aqueles que você não pode controlar, como conhecer uma garota linda e precisar se casar imediatamente.

2 – Em alguns países com imigração mais rígida, principalmente alguns europeus, é interessante levar confirmação de acomodação (de quem for te hospedar ou do hotel), extrato do banco comprovando que você tem dinheiro, passagem de volta, etc.

3 – Faça seu seguro saúde antes de viajar. Ele é exigido por 99% dos países e você não quer o risco de ser mandado de volta, não é? No nosso caso, estamos cobertos com ajuda do STB pelo ISIS Budget, que é o seguro mais simples e mesmo assim cobre até 50.000 dólares em gastos com saúde durante toda a viagem. Se sofrermos com hipotermia, por exemplo, pelo menos podemos amputar um braço ou perna num hospital descente.

4 – Faça seu check-in no aeroporto com bastante antecedência, assim sobra tempo de fazer várias coisas até a hora da partida, como: saber se o país exige algum tipo de vacina, e caso exigir, fazer a vacina no próprio aeroporto (só procurar a ANVISA), declarar seus equipamentos eletrônicos e ficar visitando os freeshops da área de embarque internacional. Atenção fumantes: cigarro é vendido a preço de banana nessas lojas. Não deixe pra comprar na Europa, onde um maço do cigarro mais vagabundo custa 25 reais. Ou pare de fumar e viva mais.

883269_330631103745298_722657943_o

5 – Sobre equipamentos eletrônicos (no nosso caso, fotográficos também): o ideal é você declarar tudo na polícia federal antes de viajar. Você vai levá-los na mão, claro (não os despache dentro da mala!). Então é só passar na PF, ir mostrando e declarando um por um, para não correr o risco de ser taxado na volta. Se você quiser comprar coisas com taxa, compre aqui no Brasil mesmo.

6 – Sobre comprar equipamentos eletrônicos lá fora, você pode se for para uso pessoal. Ou seja, se comprar um notebook, traga-o fora da caixa, na bagagem de mão. Se comprar uma Lente Canon EF 50mm f/1.2, traga-a na mala de mão, sem embalagem também.

7 – Se você for estudante, vá ao STB faça sua Carteira Mundial do Estudante ISIC. Ela é aceita em mais de 120 países e funciona também como um Cash Passport: um cartão onde você coloca créditos em sua moeda corrente e utiliza já convertido para Euro ou Dollar, dependendo da sua escolha. Não deixe de fazer isso pois você não pode levar muito dinheiro não mão, e as taxas que seu banco cobrará para você utilizar seu cartão de débito internacionalmente costumam ser beeeem maiores.

8 – Sobre perfumes, cosméticos, roupas, você também não pagará imposto se trouxer poucas peças e somente uma de cada modelo. Por exemplo, se você trouxer 10 esmaltes vermelhos da mesma marca, vão te classificar como muambeiro(a) e te taxar pesadamente. Mas se trazer 20 esmaltes de cores e marcas diferentes será visto como que para uso pessoal. Você não pode levar nada orgânico na mala. Frutas, legumes, uma orelha decepado (brincadeira), nada que seja orgânico. Mesmo assim, não sei bem se essa regra é fiscalizada 100% porque minha mãe leva limão(2 reais a unidade lá) para caipirinha e mandioca dentro da mala para cozinhar pro pessoal, e eles adoram.

1492301_330630980411977_649328644_o

9 – Nem pense em levar líquidos na sua bagagem de mão! Com exceção de frascos de até 100ml cada, você não pode levar mais nada. Pasta de dente, perfume, shampoo, e até água. Coloque tudo na sua mala e despache no check-in. Você não quer ver seu perfume Chanel nº5 sendo despejado no ralo por um fiscal, não é?

10 – Você também não pode entrar com facas e objetos cortantes como tesouras e alicates de unha no avião. Parece bobagem falar mas, eu ando sempre comum canivete e ia levá-lo no bolso comigo no vôo. Provavelmente ia ser preso como terrorista.

Essas e outras mil orientações você terá se contratar sua passagem, intercâmbio ou seguro saúde lá no STB. Dê uma passada lá que vale a pena demás.

P.S.: Acho que a maioria das dicas pode ser aplicada a qualquer viagem, mas fique atento com a parte de imigração e regras de vôos. Isso muda de país para e de companhia para companhia aérea.

***

Se você não sabe, o STB não é só para intercambistas. Você também pode comprar passagens, seguro saúde/assistência médica e obter orientações para viagens nacionais e internacionais.

O STB Student Travel Bureau é líder no segmento de turismo jovem e estudantil do Brasil. Embarcando mais de 40.000 passageiros anualmente, o STB oferece o atendimento realizado por uma equipe apaixonada pelo que faz, com ampla vivência no exterior, e que por isso entende melhor as dúvidas e ansiedades de seus clientes.

São mais de 40 anos de experiência e credibilidade junto a clientes e fornecedores do mundo inteiro garantindo qualidade, flexibilidade e segurança em produtos e serviços sob medida. E, claro, com preços e condições adequados a cada necessidade e perfil.

Se você é de Montes Claros e região como nós, pode ligar para o Fábio aqui: 3223-3615. Se não, é só procurar o escritório STB mais próximo de você.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>